Gunpowder Milkshake tem elenco perfeito mas desilude

Violência, armas, sangue e… milkshake? Sim! Esta é a proposta do novo filme de Navot Papushado que me deixou entusiasmada, perdida, desiludida e a questionar o que é que os meus ricos olhinhos tinham acabado de ver. Gunpowder Milkshake conta com Karen Gillan, Lena Headey, Angela Bassett, Carla Gugino, Michelle Yeoh e Chloe Coleman nos papéis principais.

Assim que vi o poster e o elenco pensei «isto vai ser um filme do caraças!» e nos primeiros dez minutos percebi que tinha sido enganada. Sou fã das protagonistas, principalmente de Gillan e Bassett e, por esse motivo, é que ainda fiquei mais chateada. Não me interpretem mal, elas são maravilhosas, todas, no entanto os diálogos, as lutas com um ar demasiado coreografado e os exageros não contribuíram em nada para um filme que tinha um elenco destes! Não sei o que é que Navot Papushado e Ehud Lavski fumaram enquanto escreviam o argumento, mas foi algo bem forte e, decerto que viram demasiados filmes de Tarantino e, neste caso, isso não foi bom… Neste thriller acompanhamos a história de Sam – Karen Gillan – quinze anos depois de ter sido abandonada pela mãe, Scarlet – Lena Headey -, uma assassina profissional. Sozinha, Sam acaba por entrar no negócio familiar e ganha a vida a matar pessoas que são indicadas pela “Firma”, organização para a qual trabalha. Num desses trabalhos as coisas acabam por dar errado e Sam vê-se no meio de uma luta pela própria vida onde tem de fugir não só de um gang como também da sua organização, isto tudo enquanto tenta também proteger uma menina de oito anos, Emily – Chloe Coleman – (e três quartos, como ela mesmo diz), que acabou por ficar órfã por conta de um erro da protagonista.

Seria isto uma espécie de Kill Bill, uma versão feminina de King’s Man/ John Wick ou um filme num multiverso onde Nebula – personagem de Gillan em Guardians of The Galaxy – é humana? Ou uma junção de tudo isso? Bem, até agora não consegui perceber. Papushado tentou fazer várias coisas com este filme e o que mais conseguiu foi deixar-me confusa. Neste encontro de ação, aventura, suspense e humor – ou tentativa dele – o que se safou foram as interpretações das protagonistas e o soundtrack, mas por mais que elas tenham cumprido a sua missão também não conseguiram fazer milagres. O argumento e a estética da longa-metragem não me convenceram assim tanto, mesmo que me tenha sentido cativada em diversos momentos. O que foi uma pena, porque este elenco merecia mais, bem mais.

A premissa era boa, o elenco melhor ainda, mas a falta de visão, aprofundamento das personagens e as lutas que nunca mais acabavam estragaram aquilo que poderia ser um ótimo filme e futura referência. Apesar de, cada vez mais, termos propostas com mulheres badass e independentes nos papéis principais, nada se compara com a quantidade que existem com homens no mesmo papel e, por isto, este filme me tinha deixado tão ansiosa. Isto iria ser uma referência! Até porque mais do que ter mulheres fortes no papel principal, a fusão de gerações e etnias tornava tudo mais inclusivo e poderoso. A feminista que existe em mim estava em júbilo, até ver o que tinha sido feito. A ideia das bibliotecárias foi genial, mas mal aproveitada. E olhem que até poderia sair daqui uma sequela, talvez com outro realizador e um melhor argumento, por favor!

Gunpowder Milkshake quis ser demasiadas coisas e não se focou naquilo que deveria, um melhor desenvolvimento das personagens. Talvez o balanço entre a gun e o milkshake tenha sido feito de forma errada, não sei. A verdade é que este filme, por mais que tente cumprir a sua missão – entreter –  deixa a desejar e só entusiasma nos últimos momentos.

 


Gunpowder Milkshake
Gunpower Milkshake: Mistura Explosiva

ANO: 2021

PAÍS: EUA

DURAÇÃO: 1h 54min

REALIZAÇÃO: Navot Papushado

ELENCO: Karen Gillan, Lena Headey, Angela Bassett, Carla Gugino, Michelle Yeoh e Chloe Coleman

+INFO: IMDb

Gunpowder Milkshake

Previous ArticleNext Article

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *